PANAPLÉIA

Minha foto
Bem-vindo(a) ao Laboratório de Autoria de Panapléia! À esquerda das postagens, estão meus textos divididos em categorias e temas. À direita, indicações de blogs e as mídias sociais. No rodapé, mimos felinos e os créditos do blog. Boa leitura!

DOR CRISTALIZADA



A dor fede!
Por dentro apodrece
e por fora encharca
de odores de dor,
como um mendigo emporcalhado
pelo ocre da vida.

Os ramos do domingo balançam lá fora,
mas aqui dentro o cinza cristaliza tudo.
Um cinzento imóvel que dói,
dói,
dói.
Como se fosse possível doer mais
do que doera antes.

Dor que dilacera
e afoga em sua fúria
de mar sanguinolento.
Veritas odium parit...

A mentira partiu.
Levou todos os alicerces
e nos deixou suspensos no vácuo
com uma verdade doente
esbofeteando nossa incerteza.

A verdade chegou.
Arrebentou tramelas,
dissipou dúvidas
e escancarou sua luz azul
até doer,
doer,
doer.
Como se agora fosse permitido
doer mais do que doera antes.

Fuja enquanto é tempo, Francisco!
Antes que a verdade escancare sua caverna
e dissolva seus hieróglifos com fel.
Antes que a verdade derrube suas colunas calcárias
e a vontade de todo dia.

Não há força que a devolva ao seu esconderijo.
Não há poder que a silencie.
Nunca mais viveremos
a falsa paz de antes.


Publicado na 2ª Mostra Abril para Leitura - CCBNB Cariri

| 2013 |


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Caro visitante...

Se tiver dúvidas no preenchimento dos campos, selecione a opção "anônimo" e assine no final (nome, cidade e estado).
Seu comentário será moderado e aprovado (ou não, no caso de spam) através do meu e-mail pessoal.
Sua participação é muito importante para a continuidade do meu trabalho.
Grata pela colaboração despenteada!

Paula Izabela

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...